top of page

Um ato de defesa e cuidado da vida nas escolas

Palestra artística sobre bullying se torna projeto de pesquisa da UFRJ


"Bullying, qual é a Graça?" é o nome da palestra artística educacional que se desenvolve a mais de uma década em escolas da rede pública, congressos nacionais e internacionais e projetos sociais. A iniciativa, criada pelo arte-educador Victor Meirelles é impulsionada pela produtora de impacto social Arte Faz Parte Produções e tem como objetivo conscientizar crianças e adolescentes sobre as graves consequências da prática do bullying, visando coibir essa agressão em escolas e universidades.


Para dar mais luz ao tema e ampliar a discussão, Victor Meirelles fez da palestra projeto de pesquisa do Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).


"Bem no dia internacional da liberdade de imprensa, neste mês de maio, dedicado a abolição da escravatura, tive a oportunidade de participar deste ato de defesa de mestrado, tão marcante diante da realidade do país e tão necessário para rever os processos de cuidado nas redes de educação", diz Victor Meirelles, mestre em psicossociologia da saúde e comunidades pela UFRJ.


O bullying é um dos principais causadores de problemas relacionados à saúde mental em adolescentes, podendo levar esses jovens a tirarem a própria vida. Vítimas de bullying entre 12 e 15 anos têm risco de suicídio triplicado, de acordo com um estudo feito no Reino Unido e publicado no Journal of the American Academy of Child e Adolescent Psychiatry.


“Quantos de nós sofreram e ainda sofrem pela marcas e traumas dessas agressões? Lágrimas silenciosas onde o que assalta de mim, de nós, é a vontade de fugir e se isolar. Percebi que não poderia me manter inerte, e assim aceitei o convite para participar de uma peça sobre bullying. Esse foi o primeiro passo, o seguinte que deu vida a criação da palestra artística foi um aluno de uma escola pública do Rio de Janeiro que aos 10 anos relatou a ideação suicida, três tentativas e mostrou as marcas de cortes no corpo”, conta Meirelles.


A palestra acontece de uma forma teatral em uma linguagem bem-humorada, interativa e com o estilo stand up comedy, promovendo no espectador uma participação ativa ao longo da apresentação, buscando a reflexão e prevenção, combate e conscientização da violência e bullying na escola.


“Ao fim da apresentação abrimos uma roda de conversas, onde vivenciamos falas e trocas emocionantes, como o reconciliar de colegas de turma ao entender que a piada, apelido e a agressão doem muito no outro e não tem graça nenhuma”, conta Victor Meirelles, fundador da produtora Arte Faz Parte Produções.

Victor Meirelles

Nasceu na capital fluminense e foi criado na comunidade da Coreia, no bairro de Senador Camará, na Zona Oeste do Rio. É mestre em Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social, pós-graduado em Filosofia e Direitos Humanos, tem licenciatura plena em Letras, é artista, ator, co-protagonista do filme "Quando lembro de Chico" na Amazon prime, arte-educador, empreendedor social, idealizador da produtora Arte Faz Parte, Arte Educação e Negócios de Impacto Social, um dos autores do livro "Marcos e Marcos".


Assessoria de imprensa

Natália Trotte

(21) 99487-1494


コメント

5つ星のうち0と評価されています。
まだ評価がありません

評価を追加
bottom of page