CELULARES – FONTE DE GERMES

Atualizado: Mai 19

Por Uiara Zagolin


Provavelmente você nunca ficou doente por usar o celular, certo? No entanto, um estudo feito por uma aluna da Devry Metrocamp, de Campinas, chama a atenção para a quantidade de fungos e bactérias presentes nos eletrônicos. Muitos deles podem causar problemas como micoses, conjuntivites, intoxicações alimentares e infecções urinária e respiratória. O TRABALHO IDENTIFICOU A PRESENÇA DE ATÉ 23 MIL FUNGOS E BACTÉRIAS EM CELULARES, TABLETS, CAPAS DE PROTEÇÃO DOS APARELHOS, TECLADOS E MOUSES.

Do total de 74 amostras, 43% apresentaram a bactéria Staphylococcus aureus, que é relacionada a infecções de pele. E ainda, relacionada às vias aéreas superiores, como por exemplo, as otites e as sinusites, e até mesmo a meningite. BOLORES E COLIFORMES FECAIS

Também foram encontrados bolores e coliformes fecais. Assim, a contaminação ocorre pela falta de higienização das mãos, que acaba transferindo os microrganismos aos equipamentos. Cuidado: O seu celular é uma fonte de germes!


PERGUNTAS E RESPOSTAS

1 – A pesquisa aponta as mãos como principal fonte de contaminação, mas os locais onde deixamos o celular também transferem bactérias? Exemplos de locais O que mais contamina os celulares, além das mãos, temos: a boca, ou seja, a saliva contém cerca de 2 bilhões de bactérias por gota de saliva, perdigotos (espirros), banheiros, bolso da calça (vestimentas em geral – os bolsos são muito contaminados devido ao contato com as mãos), mesas (por ex. de praças de alimentação de shoppings), bancos dos carros e qualquer local que deixamos o celular,

2 – Como limpar os aparelhos celulares de forma eficácia contra as bactérias? Quais produtos devemos usar? Álcool Isopropílico (Isopropanol ) comprado em lojas de materiais eletrônicos. Levemente umedecidos, não encharcados. Na ausência deste, podemos lanças mão de lenços umedecidos para limpar bumbum de nenês. 3 – Qual frequência deve ser feita essa limpeza? Para as pessoas ligadas a áreas de saúde (Médicos, biomédicos, enfermeiros, etc), 1 vez ao dia, para as outras pessoas, 1 vez por semana. 4 – Quais doenças podem ser adquiridas por aparelhos contaminados? Depende do germe mas as mais comuns: gripe, resfriado, conjuntivite, laringite, candidíase (sapinho), herpes labial, faringite, entre outras. Até Ebola, na África, o celular foi responsável.

5 – As capinhas protetoras do celular ajudam ou dificultam a existência das bactérias?

Dificultam a higienização e escondem mais os germes. A higienização deve ser feita com a retirada das capinhas. Cuidado: O seu celular é uma fonte de germes!

6 – Dessa forma, celular no banheiro, seja, na hora do banho ou mesmo durante as necessidades quais bactérias ou riscos de contaminação? Bactérias fecais (Escherichia coli), germes causadores de diarréia (Norovirus) 7 – Quais são as dicas do Dr. Bactéria para um celular livre de contaminação? Evite utilizar no banheiro Higienize corretamente Evite utilizar na hora das refeições Não empreste e não use o aparelho de outras pessoas (Não compartilhar)

Fonte: Dr. Bactéria

25 visualizações

Copyright  Absolute Rio. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.  Site art by MARISA ARAUJO