TRANSFORMANDO IDEIAS EM RESULTADOS

Atualizado: Mai 19

Por Laci Sidney Vianna



Nesta época, onde mundialmente a maioria das pessoas se deparam com uma reclusão voluntária e essencial, vendo a economia mundial se desfazer, forçados a um tempo de convívio consigo próprio e a repensar as incertezas sobre prosperidade, surge a pergunta: O que podemos fazer para aumentar nossa renda financeira, sem convívio social real e com uma redução significativa de renda da maioria da população? Afinal, a moeda brasileira tem se desvalorizado muito mais do que outras moedas internacionais, uma vez que temos o “privilégio”, além da crise sanitária mundial, convivermos com uma crise política – sem viés coletivo - batendo à porta, e já na espreita, uma crise financeira sem precedentes, que irá reduzir drasticamente o consumo da população. E sem um norte plausível, entramos em uma crise de confiança, interna e externa, esta sim, muito pior que as outras. Portanto, nada de estranho querermos monetizar o que sabemos... Afinal, o ensinamento de nossos pais – baby boomers pós segunda guerra mundial, que ainda acreditavam no modelo prussiano de que diploma, boas notas e um bom emprego resolveria nossa situação – estão desatualizados com a migração, hoje extremamente necessária, para o mundo digital, em ambivalência com o mundo real. Mas, como fazê-lo? Como maximizar a chance de, ao colocarmos nossas novas ideias no papel, elas terem maior chance de darem certo? Sabemos que o resultado não está ao seu controle – pode dar certo ou errado -, mas o seu empenho e as suas intenções estão. O que é certo é que planejamento e amar o que você faz facilitará bastante para o resultado positivo.

Um das melhores ferramentas de gestão de ideias é o uso eficiente do “Business Model Canvas” – resumo detalhado, em uma única “folha de papel”, mundialmente utilizado, onde analisamos a implementação, não só de novas ideias, mas também negócios – híbridos ou não -, produtos ou projetos. Ele permite planejar e visualizar antecipadamente: (01) nossa ideia principal “do que” fazer; (02) qual o público potencial adquirente e como alcança-los, analisando os possíveis canais de venda e de entrega (especialmente o digital e o delivery) bem como a melhor forma de se relacionar com o cliente (inclusive através de aplicativos sociais como WhatsApp, Instagram, Facebook, etc...); (03) quais serão nossos fornecedores, parceiros, de serviços ou produtos; e, por último, (04) o quanto preciso gastar e quais serão as possíveis e múltiplas receitas que poderei obter. O “Business Model Canvas” é uma ferramenta poderosa, mas fácil de usar, principalmente por sua intuitividade. Permite uso individual ou de forma coletiva, se tornando divertida para a reunião de um grupo, presencialmente ou digitalmente. Vale a pena dedicar um pouco de seu tempo em uma pesquisa na internet sobre o tema, em especial assistir aulas gratuitas sobre o seu uso no Youtube. Não importa o seu nível de educação, talento, riqueza ou popularidade, você pode e conseguirá, nesta empreitada, sucesso. Relembro: Sucesso não é casualidade. É uma fórmula conhecida a muito tempo: Saber + Fazer = Sucesso. Não Saber + Aprender + Fazer = Sucesso. Consistência é fazer sempre, até ganhar excelência. O próximo passo, após preencher o Canvas, é definir e gerenciar suas Metas e Objetivos, de curto e longo prazo. Em um de meus artigos anteriores, presentes nesta coluna, falei sobre Gestão de Tempo e Produtividade, tendo deixado muitas dicas práticas.

Com relação a Gerenciar Metas, sugiro que se use o método S.M.A.R.T (abreviação de Specific, Measurable, Achievable, Relevant e Time to delivery). Este método define que qualquer meta tem que ser: (1) Específica – Em geral, para se ter clareza e especificidade, perguntas como “O que? Por que? Quem? Onde? Qual é?” respondem este tópico; (2) Mensurável – Aqui, sugiro perguntas como “Quanto custa? Quantos? Baseado em que valor eu saberei que essa meta foi atingida?”; (3) Atingível – Para saber se a meta foi atingida, sugiro perguntas como “Como que eu saberei se a meta foi atingida? Baseado em qual parâmetro?”; (4) Relevante/Realista - São aquelas que, se atingidas, realmente vão fazer a diferença para você ou seu negócio. Lembre-se: É você que vai determinar se são realísticos ou não. Em inglês, usamos o termo “Skin Risc”, ou seja, quanto da sua pele vai estar envolvido no negócio. A maioria dos objetivos serão realistas se você realmente acreditar que possam ser realizados, com um desejo ardente e uma fé inquebrantável de que pode fazer e estar disposto a perseverar. Levando-se em conta suas ideias e seus valores, juntamente com o engajamento das pessoas envolvidas no projeto – seus fornecedores e parceiros do Business Model Canvas -, pergunte-se “O que podemos lucrar com isto? Que eventuais prejuízos podem ocorrer?”; e, (5) Temporal - Atribua um prazo limite realista para alcançar esta meta. Defina uma data plausível, considerando tudo que terá de fazer, seja individualmente ou em grupo. Após, divida esta meta em tarefas, diárias ou semanais, inclua na sua agenda com data e horário e comece a fazer. Com um prazo claro, você pode planejar um objetivo, progredir em direção a ele e alcançá-lo. Pergunte-se “Quanto de tempo tenho para dedicar a esta tarefa? Quanto tempo meus colaboradores/fornecedores/parceiros precisam para me entregarem a parte deles?”.

Cabe aqui um parênteses: Como ter uma fé inquebrantável de que você pode realizar algo? O primeiro passo é sair do “Eu Gostaria...” para o “Eu Quero...”. Saia da sua zona de conforto. Lembre-se: Você é único(a). Não siga a manada. Neste momento, indiferente as dificuldades, não importando a economia, a pandemia e o governo, existem pessoas regredindo e progredindo. Enquanto uns choram, outros vendem lenços. Direcione sua clientela a pessoas que não estão sofrendo redução de renda: Laboratórios farmacêuticos, aposentados, hospitais particulares; médicos e enfermeiros; entregas em casas e condomínios de produtos que antes tinham que sair para comprar; vídeos e livros digitais; enfim, uma infinidade de outras áreas. Você escolhe em que grupos que estar. Animação, inspiração e informação criam um empreendedor de sucesso. A Animação é a euforia inicial. É aquele primeiro contato com sua ideia e com o que fazer com ela. Para a maioria, é querer fazer rápido, antes que desista ou antes que eu seja demovido da mesma por terceiros. Já na segunda etapa, vem a Inspiração, que é o se aprofundar na ideia inicial. É pesquisar “cases”, casos de sucesso de quem já fez aquilo ou algo similar. É se espelhar. Gera-se a confiança na ideia original. Faz com que percebamos que é possível, ao nos moldarmos com quem já obteve sucesso. Por último, na fase de Informação, você pesquisa, aprende como fazer ou mesmo como fazer melhor. Informação permite a gente, uma vez descoberto coisas novas, que nossa mente nunca mais volte a ser como antes, e a visualizar claramente a forma como obteremos sucesso. E, neste momento, o desejo da ideia inicial sai do campo lúdico e se torna algo prático, passível de ser feito. É o estado de convicção. Cria-se a crença poderosa na implementação. Visualiza-se a oportunidade em todos os lados. E a prática virá uma obsessão positiva que te levará ao sucesso. Mas não se engane. O Sucesso, em qualquer que seja a área, requer tempo, foco, persistência e disciplina. Tudo aquilo que você pode fazer com esta epifania, você pode não fazer. A escolha é sua. A solução é simples, mas não é fácil: Disciplina se cria com hábitos diários, mantidos a longo prazo, por todos os dias. Pessoas de sucesso se preocupam com quem passam seu tempo – evitando pessoas negativas e relações tóxicas; se preocupam com o que consomem, qual a sua relação com os outros e com a sua família. Enfim, criam hábitos positivos, sempre. E a prática diária transforma desejos em realidade e a clareza do que quer, te dará poder. Só a disciplina te dá resultados. 80% do sucesso é persistência. Desenvolva um desejo ardente. Confeccione um Business Canvas. Crie e reavalie metas através do SMART. Trabalhe duro e faça acontecer. Não perca seu tempo com más influências, com pessoas negativas e nem com televisão em excesso. Mais de 95% da população não consegue sucesso financeiro. Você nasceu para ser exceção à regra. A maioria falha, por não acreditar em seu potencial. Não chegam a pensar em dinheiro para além do próximo mês.

Entretanto, os limites dos outros não precisam ser os seus. Problemas são só situações que terão de ser superadas. Se o ser humano, desde a pré-história, já se adaptou tanto até chegar aqui, por quê você não poderia? Você pode, você consegue, você é capaz. Não se permita autossabotagem. Não importa o seu nível de educação, talento, riqueza ou popularidade. Repito: Só a disciplina te dá resultados. 80% do sucesso é persistência. Defina seu nível de comprometimento, se fazendo e respondendo as seguintes perguntas: O que você quer muito? Qual seria a sua situação ideal? O que você não aguenta mais? As respostas a estas perguntas serão o seu norte. E o que você faz com elas, o seu diferencial. Ser alguém de sucesso é o melhor presente que você pode dar aos seus e a si mesmo.

Claro que nem tudo precisa de uma reação. Se quer só sentar e observar, a crise irá passar... A questão é quanto tempo esperaremos por isto? Um ano, dois... Mais... Será que a natureza do seu corpo físico e o volume de suas reservas financeiras permitirão aguardar? E lembre-se de agradecer sempre. Agradecer é a arte de atrair coisas boas... Sua situação é muito melhor do que a maioria. Você tem um teto, tem comida na mesa, tem acesso a internet, uma inteligência ilimitada, enfim, foi capacitado por Deus para ser um vencedor. Tudo que é feito de coração, com persistência, leva ao sucesso e dispensa barulho, aparição e aplausos iniciais. Mãos à obra... Comece hoje. Comece agora. Espero, com o presente artigo semanal, ter lhe auxiliado, lhe induzido à reflexão na construção do seu “novo eu”, com mais disciplina e perseverança na direção do seu sucesso. Esta coluna foi feita para você e para despertar o melhor em você, sempre. No mais, fique bem. Fique com Deus e até breve. Votos de Sorte e Sucesso, Sempre. S.’.S.’.S.’.

0 visualização

Copyright  Absolute Rio. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.  Site art by MARISA ARAUJO