top of page

ATOR REMO ROCHA MUDA SEU VISUAL DE FORMA RADICAL

ATOR REMO ROCHA MUDA SEU VISUAL DE FORMA RADICAL PARA INTERPRETAR HORI HOMEM DE CONFIIANÇA DO FARAÓ NA NOVA TEMPORADADE REIS



O ator Remo Rocha assinou contrato com a Rede Record para viver Hori, comandante do

poderoso exército egípcio, na nona temporada da série “Reis”.


O ator, que andava as voltas com seu monólogo “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis, submeteu-se a uma intensa preparação e impressionante transformação física para dar vida a Hori.


Remo raspou a cabeça e todos os pelos do peito, braços e pernas, retomou a musculação, e teve aulas de luta, espada e equitação. “Gosto de desafios. Não tenho apegos estéticos nem morais. No meu trabalho eu coloco em prática o que acredito ser o que o personagem e a história pedem”, conta o ator.


“Reis – A Sucessão” estreia dia 2 de outubro e marca a ida do recém-empossado rei Salomão para o Egito. Uma vez lá, ele é envolvido pelo Faraó que tem em Hori seu homem de confiança. “Reis” é o quinto trabalho de Remo na Rede Record: o ator esteve antes em “Balacobaco”, “Rebelde”, “Jesus” e “Gênesis”. Ainda sobre sua “transformação”, Remo relembra “Eu sempre malhei, sempre fui forte, definido. Gostava disso. Mas quando comecei a trabalhar como modelo, e depois como ator, fui obrigado a deixar a musculação literalmente de lado, e passei a me dedicar somente à prática de esportes e exercícios. Daí chega o Hori e me obriga a trabalhar justamente o inverso, justamente aquilo que minha profissão sempre me negou: aumento de massa muscular. É a minha vingança (risos)".

Remo Rocha, não para apenas em sua estreia em Reis, uma vez, que tem mais trabalhos a serem lançados.

Além de “Reis” e de seu monólogo, Remo está envolvido em outros três projetos inda

inéditos, “Mussum – O Filmis, de Sílvio Guindane, vencedor de diversos prêmios no 51º

Festival de Gramado, onde dá vida ao major da aeronáutica Silva Lima; “Verônika”, série da

Globoplay, também com direção de Guindane, onde o ator vive o empresário ricaço Elias

Monteiro; e “Overman”, longa de Thomás Portella inspirado nos quadrinhos de Laerte - Remo faz uma participação em uma cena pós-créditos hilária. “Tem sido um ano intenso”. Isso é bom”, revela o ator.

Trajetória profissional do ator:

Remo Rocha é formado pela tradicional Escola de Teatro Martins Pena (RJ) e já acumula quase 20 anos de profissão, tendo trabalhado com as principais emissoras do país: Globo, Sbt, Bandeirantes, Multishow, HBO, Fox, Discovery, além de Netflix e Amazon, entre outras.


Na Rede Globo esteve no elenco principal de “Em Família”(2014). Em 2011 protagonizou o

cultuado longa do diretor Caio Sóh, “Teus Olhos Meus”, melhor filme no Labrff (LA), SP, JP e

FO. Repetiu a parceria com Sóh em “Canastra Suja” (2018), também vencedor do Labrff. Foi

premiado com a Melhor Performance Vídeo no Rio WebFest (2017) com o seu Canal 34#,

onde interpreta Álvaro de Campos de Fernando Pessoa. Em 2021, em meio a pandemia, o ator juntou-se a promissora diretora teatral Bia Franco e ambos adaptaram a obra de Machado de Assis, “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, para os palcos. Remo encerrou há pouco, em agosto, uma curta temporada de seu monólogo na Sala Baden Powel em Copacabana


“Hoje eu produzo, dirijo e atuo no espetáculo. É quase uma insanidade, mas uma insanidade gostosa. Amo esse texto, esse personagem e este autor. Machado é genial”, conta Remo. E conclui: “Tenho enorme respeito pela minha trajetória. Não existe glamour nela, mas sim muita luta, entrega e inquietação”.


Fabio Rios Agenciamento

Assessoria DG assessoria e comunicação


Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page