top of page

Amizades, sorrisos e beijos fakes

Hoje em dia, (na verdade, não sei quando começou isso, mas sei que se agravou depois da pandemia, quando tivemos que lidar com nós mesmos e daí os fantasmas e os caráteres afloraram) percebo muita energia falsa entre as pessoas.


A necessidade de se fechar num grupo, numa tribo, talvez costume ainda do enclausuramento forçado que, aliás, deixou muita gente “fora da casinha”, fez com que surgissem as falsas amizades e até amores.


A presença do próximo se fez necessária sim, mas com outro intuito, eu acho.

A vontade de estar perto, mas ao mesmo tempo de se fechar numa “panelinha”, forçou muita gente a aceitar uma pessoa ou outra apenas pra ela mesmo se sentir “uma pessoa melhor”. Não tem reciprocidade, são beijos e abraços falsos, sorrisos entre dentes.


As pessoas não são mais as mesmas, espontâneas, criaram-se monstros fakes, de egos inflados, de total descontrole de suas emoções verdadeiras. É uma pessoa querendo ser melhor que a outra, em todos os sentidos, mas disfarçadamente demonstrando isso com indiretas ou espetadas nas redes sociais (a maior vilã, pois nela se consegue essa exposição perfeita).


Não se vê mais humildade e caridade, apenas demonstrações de poder, força e riqueza. E perdão é símbolo de superioridade, agora.


Famílias sendo deixadas de lado para que a pessoa possa mostrar para essas redes sociais e “seguidores” (eu diria, em alguns casos, “perseguidores”) seu ego superior com demonstrações de domínio da situação e total relevância.


No caso dos amores foi ainda pior, conheceu-se o amor a distância, os sites de namoro que não saem da internet por seremos, todos, uma personagem e não uma pessoa real.

Brincamos de ser quem não somos o tempo todo agora.

Não desabafo com rancor, apenas com surpresa de ver pessoas entrando nessa onda e criando círculos falsos de diversão e alegria mesmo sabendo que em casa vão lidar com a pessoa que conheceram na pandemia: elas mesmas.


24 Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Marcelo Augusto
Marcelo Augusto
há 3 dias
Rated 5 out of 5 stars.

Não gosto de coisas que não são de verdade.Eu gosto da Marisa,antes da empreendedora que todos conhecem.Isto acontece porque sinto quando algo é de verdade.Todos sentem?Não sei. Mas vivi bastante para desenvolver este tipo de sensibilidade.


Também não tenho mais postado o que chamo de "gps"sobre mim.Estou mais colocando coisas profissionais, agora nas Redes.A mentira e o faz de conta estao tomando conta de tudo.Estao normalizando isso.O próprio governo faz isto o tempo todo com tudo.


Amizade é importante,perdão é fundamental,abraço é necessário, amar verdadeiramente o nosso próximo é ou deveria ser o norte de todos nós.


Hoje prefiro selecionar amizades. Sou rigoroso.Só olho para os coracoes.....


Seu texto foi um desabafo em que todos se identificaram nele.Continue escrevendo.Você é…

Like

Rita Monteiro
Rita Monteiro
há 5 dias

Concordo com tudo é mais um pouco do que você escreveu e sente.

O problema é que não basta só concordar, é necessário fazer algo que possa mudar essa situação. Às vezes penso que tem que começar por nós mesmos tentando aceitar as pessoas como elas são. Mas por outro lado, não abaixar muito a cabeça para tudo. É importante que saibam sobre nossa insatisfação. É importante que as pessoas voltem a se respeitar. Mais ainda, que sejam verdadeiras e que lutem um pouco contra o próprio excesso de vaidade, inveja e principalmente, que exponham a verdade sobre seus sentimentos sem magoar tanto uns aos outros. Enfim, só acho...

Like

Que bacana o artigo, maravilhoso

Like

Rated 5 out of 5 stars.

A pan****a foi um divisor de águas, principalmente por conta de que máscaras e véus caíram com muita facilidade. Apesar de doloroso e muito, em alguns casos, creio que serviu para nossa evolução (em alguns casos, involução) e para dar mais valor ao real, honesto e digno. Perfeito Marisa, compartilho do mesmo ponto de vista.

Like

Rated 5 out of 5 stars.

Um conjunto de situações que nos levaram a isso, muito bem descritas por você.

Parabéns !!

Like
bottom of page