A retomada dos voos internacionais reaquece o turismo



A American Airlines anunciou o retorno dos voos para o Brasil começando em 6 de agosto com Miami / São Paulo, e a previsão é de até o final do ano também retorne com os trechos para Dallas e Nova York.


Paralelo a isso, muitas cias aéreas já anunciaram suas retomadas ainda esse ano, com os devidos protocolos, claro, mas na certeza de que o mercado de malhas áreas já esteja voltando, aos poucos, com força total. Veja abaixo:


Avianca

Não há previsão ainda, mas essa semana fará um pronunciamento a respeito.


Amaszonas

Retorno previsto entre o final de agosto e início de setembro. Ainda sem data confirmada, porém com meses já pré-estabelecidos.

Alitalia

A empresa voltará a voar para o Brasil em outubro. A princípio, deverão ter três frequências semanais entre Roma e São Paulo e, gradualmente, a companhia irá retomando sua capacidade até voltar aos três diários entre o Brasil e a Itália (dois de Guarulhos e um do Rio).

Air Europa

O retorno previsto é para o dia 15 de julho, com a volta da conexão entre Madri e São Paulo, realizada três vezes por semana.

Aeromexico

Já Iniciou sua retomada com o voo São Paulo / Cidade do México. Os voos de ida para o México estão programados para os dias 18, 20, 25 e 27 de julho, um voo diurno, decolando às 10h30 e chegando às 18h25. Os voos de volta serão realizados nos dias 16, 18, 23, 25 e 30.

Aerolineas Argentinas

A previsão é para setembro. Mas a Cia tem feito voos especiais de repatriação somente para argentinos e residentes, somente.

British Airways

Os voos que ligam São Paulo (Guarulhos) e Londres (Heathrow) da British Airways voltam a ser operados a partir do dia 2 de agosto, inicialmente com três frequências semanais.

Copa Airlines

Ainda sem previsão de uma data oficial sobre o seu retorno ao País.

Delta Air Lines

Previsão de retorno para agosto a partir de Guarulhos (SP). O voo de Nova York, ainda sem data, deve retornar em codeshare com a Latam.

Ethiopian Airways

Operou durante a pandemia, apenas reduziu a frequência. No momento está com dois voos por semana.

Emirates

Retorno dos voos para São Paulo a partir de 2 de agosto. Ainda sem estimativa da frequência semanal do voo São Paulo / Dubai na retomada.

Gol

Assunção, Santiago, Montevidéu, Lima, Santa Cruz de La Sierra e Buenos Aires, a partir de São Paulo (GRU), e Buenos Aires, Rosário e Córdoba, a partir do Rio de Janeiro (GIG). A Gol confirma a volta destes voos internacionais de setembro em diante, embora ainda sem data específica.

Iberia

Fará sua retomada no dia 3 de setembro, inicialmente com três frequências semanais, ligando São Paulo (GRU) a Madri.

KLM

Uma das cias aéreas com maior quantidade de voos entre o Brasil e a Europa desde o início da pandemia. De 23 de março em diante, a companhia operou com dois semanais entre São Paulo (GRU) e Amsterdã (AMS). A partir de 18 de maio, a frequência aumentou para seis voos semanais (quatro de São Paulo e dois do Rio de Janeiro). Desde 8 de junho, são seis voos para São Paulo e quatro para o Rio de Janeiro. Desde 13 de julho opera voos diários entre São Paulo e Amsterdã, mesmo nível de antes da crise, e quatro vezes por semana para o Rio de Janeiro. Este programa deve ser mantido ao menos até o fim de agosto.

Lufthansa

Voou na pandemia a rota São Paulo-Frankfurt, aumentou sua frequência de três para cinco voos semanais no início de junho.

Qatar

Desde o dia 4 de julho a companhia aumentou sua frequência de voos entre São Paulo e Doha, passando dos atuais três vezes semanais para cinco voos por semana. E nesta terça-feira, 14, a companhia anunciou que o voo diário chega um mês antes do previsto, em 1 de agosto, com a aeronave A350-1000.

Swiss

A Swiss Airlines retomou sua operação entre Zurique e São Paulo desde o dia 2 de julho, com três voos semanais. A partir de 2 de setembro, esta frequência será aumentada para cinco.

Turkish Airlines

Os voos entre São Paulo e Istambul retornarão no dia 2 de setembro. O voo TK 194 vai partir do aeroporto de Guarulhos às 22:35 e pousar às 17h10 na cidade turca. O retorno será no TK 193, que partirá de Istambul às 13h40 e chega em São Paulo às 20h55. Ida e volta serão operados às segundas, quartas e sábados. Já em outubro, a empresa mais que dobrará a sua oferta, passando de três para sete voos semanais.

TAP

Em agosto a TAP retoma as operações para Belo Horizonte, Fortaleza e Recife, e em setembro volta a voar também para Brasília e Salvador. As operações para São Paulo e Rio de Janeiro também foram reforçadas - São Paulo passou de quatro voos semanais para voos diários e o Rio de janeiro passou de duas frequências semanais para quatro, sendo três frequências Rio – Lisboa e uma frequência semanal, Rio de janeiro – Porto. A TAP está repondo gradualmente a sua operação e tem programado para agosto 36 voos semanais de ida e volta do Brasil para Portugal, num total de 6 rotas. Em setembro, a companhia prevê realizar perto de 50 voos por semana, em um total de oito rotas.

United

A cia aérea está planejando voar 40% de seu cronograma geral em agosto, em comparação com o ano passado. Entre eles estão programadas a retomada do serviço entre Nova York/Newark e São Paulo. A empresa operou apenas São Paulo-Houston durante a pandemia, tendo sido a única americana a manter uma operação entre o Brasil e os Estados Unidos.

Importante

* Os voos poderão sofrer alterações sem aviso prévio. Lembrando que as datas acimas poderão ser alteradas de acordo com reabertura de fronteiras e a evolução da pandemia nos países envolvidos.

Viviane Fernandes é CEO da Nice Via Apia Turismo, diretora da ABAV e Embaixadora de Turismo do Rio de Janeiro.



63 visualizações

Copyright  Absolute Rio. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.  Site art by MARISA ARAUJO