top of page

Labioplastia: o que é e quando é indicada?

A Dra. Cristiane Costa, médica ginecologista, fala sobre o tipo de cirurgia íntima


Labioplastia. Este tipo de cirurgia feminina é realizada por inúmeras mulheres que almejam melhorar o que se chama “autoestima íntima”, pois muitas delas, não estão satisfeitas consigo mesmas, fato que acaba causando uma série de problemas, principalmente, psicológicos. Mas, essa “cura” pode ser alcançada. A Dra. Cristiane Costa, médica ginecologista, fala melhor sobre esse procedimento, além de tirar todas as dúvidas.


Conhecida, também, como Ninfoplastia, consiste na redução do tamanho dos lábios internos (os menores) e o processo demora em torno de 1h30. “É indicado quando existe o aumento desses *lábios. Algumas pacientes apresentam sintomas como desconforto, dor ao usar roupas mais apertadas ou calcinhas de rendas, andar de bicicleta e até mesmo, no sexo. Outras, não estão satisfeitas com o tamanho, o que, geralmente, gera vergonha, inibição, restrição no ato sexual, devido à aparência”, explica a Dra.


Quanto aos exames pedidos, anteriormente, a fim de analisar o estado de saúde da cliente, afirma que dependerá do tipo de anestesia que será aplicada, durante o procedimento. Segundo ela, se for um caráter ambulatorial, hemograma completo e preventivo, bastam, mas em centro cirúrgico e com sedação, necessita-se de raio X do tórax, eletrocardiograma e do risco cirúrgico.

Quanto tempo, após a realização, a mulher poderá ter relação sexual?

Apesar do repouso, feita a laser, no máximo, uma semana, exercícios físicos e relação sexual são permitidos, apenas, após trinta dias.

Cuidados pós - cirúrgicos

"Gelo, gelo, gelo e gelo. Existe um termo que usamos para isso: “ICE ICE Baby”. Além do gelo, uso de algumas medicações para evitar dor, melhorar o edema e evitar infecções são usadas, além de cuidados pós-operatório como o uso de regeneradores teciduais, higienização, calcinhas largas e de algodão, entre outras".

O que fazer, em caso de dor?

Normalmente não sente dor quando se usa o gelo e as medicações da forma prescrita. Mas, caso contrário, use gelo, analgésicos tópicos e orais, indicados logo após a cirurgia, junto com todas as orientações.

Anestesia: local ou geral? E como funciona?

Em ambulatórios, é utilizado anestésico local. Em centro cirúrgico, por exemplo, sedação (só dorme) associado ou não com a raquidiana (aquela injeção nas costas, de um parto cesariana).


Foto: Patrícia Vargas


Commentaires

Noté 0 étoile sur 5.
Pas encore de note

Ajouter une note
bottom of page