top of page

Cláudia Stoduto lança seu primeiro livro, "Entre Poemas", pela Ibis Libris Editora

Cláudia Stoduto lança seu primeiro livro, "Entre Poemas", pela Ibis Libris Editora, no próximo dia 9 (quinta), na Blooks Botafogo


Cláudia Stoduto lança seu primeiro livro "Entre Poemas", pela Ibis Libris Editora, no próximo dia 9 (quinta), onde apresenta poemas sobre histórias reais e contadas, a sensibilidade da alma feminina, e desejos revelados ou subentendidos. A obra, que passa em suas páginas essa infinidade de sentimentos, traduz o pensamento da autora: "o poema não se explica, se entende."

De acordo com Nelson Parma de Azevedo, que assina o texto da orelha, "Cláudia é uma daquelas pessoas que, de tanta sensibilidade, consegue enxergar um rio somente de purpurinas e, sabe, como ninguém, tirar dele não mais do que o necessário para inspirar os seus momentos diários. Após estar purpurinada como uma fada, coloca seu brilho em tudo o que cria. É no amor, é na massa e, sobretudo, na poesia. Gastronomia e poesia, feitos com amor: não existe nada mais perfeito. Durante a preparação de suas massas, a obra-prima, segundo seus privilegiados consumidores, Cláudia, tem um ritual, que, talvez, nem ela mesmo perceba. Baila, rodopia com a farinha nas mãos, formando espirais, também purpurinadas, que rodeiam seu corpo, criando uma cena rara, que, de tão bela, invariavelmente, a fazem interromper o ato, já totalmente invadida pela inspiração para criar mais um de seus lindos poemas. E, são tantos, todos recheados de muita qualidade, que nos fazem pensar que ela pega mais purpurina do que na verdade pensa, ou, então, deve haver uma conexão espiritual com nosso conterrâneo, o maior de todos: Ary Barroso. Preparem-se para o que vem por aí." Do PREFÁCIO de Lianna De Felippe Stoduto Nogueira (filha) "Cláudia é uma das mulheres mais fortes que já conheci. Ela é incansável, tem uma energia invejável para qualquer jovem de vinte anos! Tem mãos de fada! Ela dá vida aos alimentos e consegue, com maestria, transformar um chuchu sem graça (me perdoa quem acha esse vegetal super saboroso!) em um prato incrível! Cláudia fala alto, grita pela janela, é um ser humano, humano, de verdade! Ela é luz! Ela reluz! Ilumina com seu sorriso singular qualquer lugar por onde passa! Ela está sempre pronta para ajudar quem quer que seja: eu, você, o vizinho, o desconhecido… Cláudia é multiplicação! Entre poemas, ela te leva a viajar junto com sua imaginação em cada rima combinada e, mais que isso, nos ajuda a apreciar até o mais natural canto de pássaro. Cláudia tem, eu diria, esse dom, de transcrever o amor de cada sinal de Deus, ou milagre que temos à nossa volta, mas, que, muitas vezes, o hábito nos “cega”! Ela é poesia e poetisa! Ela, desde Alcalá de Henares, na Espanha, até Ubá, “capital do mundo!” (risos!), ela transcende o amor, transporta você àquele lugar (real ou imaginário), e faz você sentir! Cláudia é filha, mãe e avó! Este livro é, para mim, só mais uma dastantas habilidades da minha poetisa sui generis, que tenho o privilégio de chamar de Mãe." ACRÓSTICO DE SAUDADE Sempre que se lembrar de alguém Assim com muita ansiedade Uma dor forte poderá sentir Daquelas que vêm com vontade Aí com toda a sinceridade Dirá a quem puder ouvir: Eu sinto mesmo é saudade! SOBRE CLÁUDIA STODUTO Cláudia Stoduto nasceu em Ubá, MG, em 1950. Iniciou a vida escolar no Colégio Sacré-Coeur de Marie, em Ubá, em 1956, onde fez o curso de Normalista. Em 1964, integrou o famoso balé aquático de Ubá. Em 1965, cursou, paralelamente ao Normal, o Clássico, no Colégio Estadual Raul Soares. Em 1971, foi eleita Miss Ubá e Miss Simpatia Minas Gerais. Em 1975, bacharelou-se em Direito pela Faculdade Cândido Mendes, no Rio de Janeiro. Em 1998, passou a se dedicar à culinária através do site Cláudia Congelados. Em 2020, incentivada por seus amigos, começou a catalogar seus textos, que publicou neste seu primeiro livro "Entre poemas", pela Ibis Libris, a ser lançado em 9 de março, a partir das 19h, na Blooks Botafogo. COMO GIRASSOL Resisto aos ventos do norte Às tempestades do amor Mantenho minha raiz forte Na delicadeza dessa flor Sem medo e muita coragem Com energia sempre atraio Coisas boas na bagagem E da vida o melhor extraio Entre podas e crescimentos Com esperanças no florescer Sou flor em agradecimentos Por ressurgir ou por renascer SOBRE A IBIS LIBRIS Ibis Libris é uma editora de primeiros livros de prosa e poesia, ficção e não ficção, infantis, juvenis e de cultura em geral. Foi fundada em 18 de agosto de 2000, e hoje tem mais de 600 títulos publicados, principalmente de literatura nacional e estrangeira. Sua fundadora, Thereza Christina Rocque da Motta, é poeta, editora e tradutora. Lançou “Joio & Trigo”, seu primeiro livro de poemas, em 1982. Tem 25 livros publicados, entre eles, “Capitu” (2014), “Breve anunciação” (2013) e “As liras de Marília” (2013). É membro do Pen Clube do Brasil e da Academia Brasileira de Poesia. Fundou a Ibis Libris em 2000, e criou o selo Bisbilibisbalabás em 2002. Em 2021, criou o selo Maat somente para mulheres. Em 2022, lançou “Sheherazade”, seu primeiro livro de contos, pelo selo Maat. Ibis Libris Editora inscreveu, pela primeira vez, mais de 10 títulos no Prêmio Jabuti de 2022, concorrendo em 16 categorias. Além disso, Thereza Christina fez o pedido de inserção do Dia da Primavera dos Livros no Calendário Oficial da Cidade, aprovado em 6 de outubro de 2022. Segundo Thereza Rocque da Motta, a "Ibis Libris foi criada para dar voz aos autores que desejam transformar seus sonhos em livros e, por isso, criei uma editora para transformar sonhos em realidade". Instagram: @ibislibris Thereza Christina Rocque da MottaIbis Libris Editora Rua Pereira Nunes, 395 cob. 1.701 Vila Isabel 20.541-022 Rio de Janeiro - RJ Tel.: 21-3546-1007 / 96580-0499

bottom of page