top of page

ALOPECIA FIBROSANTE FRONTAL E A IMPORTÂNCIA DO DIAGNÓSTICO PRECOCE


A alopecia fibrosante frontal (AFF) é um tipo de alopecia cicatricial que está cada dia mais presente nos consultórios médicos.


O diagnóstico precoce é imprescindível para melhores condições de tratamento e mais chances de estabilizar o quadro antes que ele se torne estigmatizante.


Clinicamente, essa doença causa perda capilar de forma lenta na linha de implantação dos pêlos, notando-se com o tempo um aumento da região da testa que pode ir avançando em linha reta até o meio da cabeça.


Geralmente está associada à alopecia nos supercílios (perda das sobrancelhas).


Além do couro cabeludo, outras manifestações podem surgir, como um escurecimento da face por líquen plano pigmentoso.


O diagnóstico é feito pela presença de achados clínicos e tricoscópicos característicos, mesmo sem a realização de biópsia de couro cabeludo, exceto para casos duvidosos.


Não há exames laboratoriais específicos para para AFF.


O grau de progressão da AFF é difícil de prever, O objetivo do tratamento da AFF é evitar a progressão da área de alopecia cicatricial e melhorar sintomas. A escolha terapêutica vai depender de diversos fatores, como idade do paciente, localização da lesão clínica, estágio da doença, presença de sintomas, comorbidades e inflamação. Pode ser realizado com medicações tópicas ou orais e as vezes com infiltrações de corticóides.

O tratamento pode ser desafiador.

Muitas vezes esteticistas e Micropigmentadoras recebem pacientes que se apresentam com ausência ou falhas nas sobrancelhas, e quando bem instruídas, podem ser aliadas, fazendo indicação para procurar um dermatologista que possa fazer o diagnóstico e tratamento precoces.

Dra. Tathiana Antony é pós-graduada em dermatologia e medicina estética e membro da sociedade brasileira de laser em medicina e cirurgia


Clinica Renewmed Ipanema

021 3183 7785

021 97932 0550


Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page