top of page

Ações estéticas em gestantes exigem atenção especial


Ações estéticas em gestantes exigem atenção especial

Clínica Chociai, de Curitiba, orienta sobre tratamentos seguros e eficazes durante a gravidez

Da rotina de skincare ao cuidado com os cabelos: toda atenção é pouca para a mulher gestante. Fase de transformações intensas, a gravidez resulta em mudanças físicas e hormonais. "A pele, por exemplo, torna-se mais sensível e suscetível a diversas condições. Por isso, é fundamental saber quais tratamentos estéticos são seguros e eficazes durante esse período", explica a médica dermatologista Aline Ventura, da Clínica Chociai, com sede em Curitiba.

A médica comenta que durante a gravidez a pele pode apresentar maior sensibilidade, até mesmo alterações como manchas e acne. Além disso, pelo estiramento da pele - próprio dessa fase - o surgimento de estrias é mais frequente. Para manter a pele saudável, é essencial o uso de filtro solar e lembrar de reaplicá-lo durante o dia, além de mantê-la bem hidratada (existem produtos desenvolvidos especificamente para esta fase da vida da mulher).


"Alguns tópicos como vitamina C e ácidos - como o azelaico - têm uso liberado durante este período, desde que sejam observadas as concentrações adequadas dos mesmos; outros, como o ácido retinóico e seus derivados, ácido salicílico e produtos à base de ureia (comum em hidratantes) não devem ser utilizados nesta fase, por isso é importante a consulta com médico dermatologista para ajuste da rotina de skincare durante este período tão especial", adverte Aline Ventura.

Em relação a tratamentos capilares, procedimentos como o uso de capacete de LED e a fotobiomodulação são seguros durante a gravidez. Mas, sempre com a indicação de um médico, antes de iniciar qualquer ação. "É importante evitar o uso de produtos químicos como aqueles utilizados para alisamento capilar, pois podem ser prejudiciais tanto para a mãe, quanto para o desenvolvimento do bebê. Além dos produtos à base de formol terem seu uso proibido, muitos outros que não contém o formol em si na fórmula, podem conter substâncias também prejudiciais para a saúde da mulher e da criança, não sendo indicados", complementa a médica da Clínica Chociai.


No mais, vale a recomendação de conversar sempre com o dermatologista e o obstetra que acompanham a gravidez, fator fundamental para se ter segurança durante a realização de procedimentos, e do uso de produtos na fase de gestação.


Foto: Dra. Aline


Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page