Turismo

Governo do Estado entrega Carteira Nacional do Artesão aos profissionais de Niterói e cidades vizinhas

Rio de Janeiro celebra avanços do Turismo durante abertura da “Apresenta Rio Summit”

Ao todo, 443 artífices receberão o documento emitido pelo Programa de Artesanato Estadual da Setur-RJ

 

Após a ida do Programa de Artesanato Estadual, da Secretaria de Estado de Turismo do Rio de Janeiro, em julho, a Niterói para a ação de cadastramento, os profissionais do município receberão a tão almejada Carteira Nacional do Artesão. O evento acontecerá amanhã, quarta-feira (16), às 10h, na Reserva Cultural. Além dos residentes da “Cidade Sorriso”, artistas de São Gonçalo, Maricá, Itaboraí e Rio Bonito também poderão resgatar o documento que reconhece a atividade como profissão.

 

Ao todo, 443 carteiras serão entregues, sendo: 231 de Niterói, 102 de São Gonçalo, 51 de Maricá, 42 de Itaboraí e 17 de Rio Bonito. Segundo o secretário de estado de Turismo do Rio, Otavio Leite, o objetivo é seguir ampliando o atendimento e a qualificação dos artífices fluminenses.

 

- O artesanato pode ser um grande caminho para muitas pessoas terem uma renda e melhorar suas receitas. São mais de 15 mil profissionais atendidos. A missão da Setur é ampliar a base, para que mais artífices possam frequentar cursos e se qualificarem. Ao mesmo tempo, trabalhar firme na capacidade que o Estado tem de um artesanato de alto nível, que retrata a identidade cultural local – explicou Otavio.

 

A carteira do Governo Federal tem abrangência nacional e não requer anuidades, nem taxa de adesão. O documento identifica o artesão como profissional da área e proporciona, ainda, benefícios com instituições parceiras do Programa de Artesanato Estadual.

 

Serviço:

Entrega da Carteira Nacional do Artesão para os artesãos de Niterói e cidades vizinhas

Data: 16/10/2019

Horário: 10h

Local: Reserva Cultural – Sala Nelson Pereira dos Santos (Av. Visconde do Rio Branco, 880 – São Domingos)    

O secretário de Turismo, Otavio Leite, e o Governador Wilson Witzel participaram da abertura da conferência que discute o setor de entretenimento

 

Impulsionado pela realização de grandes eventos durante este ano, o turismo do Rio de Janeiro tem demonstrado bons índices de incremento em 2019. As ações conjuntas com os diversos setores do segmento ajudaram para a atração de turistas para o Estado e foram destaque durante o “Apresenta Rio Summit”. O governador Wilson Witzel e o secretário de Turismo Otavio Leite participaram, nesta quarta-feira (16/10), da abertura da conferência promovida pela Associação de Promotores de Eventos do Setor de Entretenimento e Afins, que reúne empresários e representantes do setor de entretenimento.

Em sua fala, Witzel destacou as diversas ações feitas pela pasta para impulsionar o Turismo nos 92 municípios do Estado.

- O Salão de Turismo este ano foi feito para promover o interior do Estado, onde tivemos cerca de 40 mil pessoas passando pelo evento, que puderam conhecer a nossa produção artesanal. Em parceria com o Rock in Rio, tivemos o TurisRock, que também apresentou as nossas cidades do interior fluminense, e fomentou o turismo do Estado. Estas duas iniciativas ajudaram a melhorar a imagem do Rio de Janeiro e, com isso, a média da ocupação hoteleira já evoluiu de 52% para 67% agora em 2019 – afirmou o governador.

A Secretaria de Estado de Turismo tem se empenhado na articulação junto ao setor e avanços, como os novos decretos que permitiram o diferimento do ICMS cobrado sobre produtos vendidos por expositores de outros estados e a implementação da redução da alíquota para o setor de alimentos e bebidas em todas as suas receitas tributáveis.

- As condições, para que o potencial turístico do Rio de Janeiro seja desenvolvido ao máximo, já estão sendo criadas. Isso significa que há uma compreensão do fenômeno econômico, social e estratégico que o turismo tem para o nosso estado. Este setor é o que mais fala sobre a vocação do Estado – disse o secretário de estado de Turismo, Otavio Leite.

Dados da Apresenta Rio apontam que, eventos do calendário “Rio de Janeiro a Janeiro”, lançado em 2017, movimentam cerca de R$ 14 bilhões, entre os quais estão o Carnaval e o Réveillon que, somados a outros, arrecadam, aproximadamente, R$ 865 milhões em impostos e geram em torno de 170 mil empregos diretos e indiretos.

  - Entretenimento, mais cultura, mais esporte é igual a Turismo. Então, eventos de toda a natureza, que aqui acontecem, trazendo pessoas de outros estados, fazem com que a economia circule e mais pessoas consumam aqui. Portanto, para ampliar as conquistas desses espaços é necessário promover o Rio de Janeiro. Pela importância que tem na história do país e por ser uma espécie de símbolo maior do turismo brasileiro, o Estado precisa de ações muito claras na divulgação do Rio e também na captação de congressos, feiras, seminários, exposições, etc – conclui Otavio Leite.  

O presidente da Apresenta Rio, Pedro Guimarães, explica que uma das premissas da Associação é construir uma representatividade institucional cada vez mais forte, além de estimular que o ambiente de negócios possa ser mais sólido e atrativo a todos.

 - O entretenimento é o novo turismo e esperamos mostrar que é uma atividade de enorme impacto na economia, na atração de investimentos, na geração de empregos e na arrecadação de impostos para o setor público – afirmou Pedro Guimarães.

O Governador Wilson Witzel, o secretário de Turismo Otavio Leite e representantes do Trade assinam carta de intenções para fomentar o segmento

 

Boas notícias para o setor turístico na manhã desta terça-feira (01/10). O secretário de Turismo, Otavio Leite, o governador, Wilson Witzel, e representantes de entidades do Turismo assinaram uma carta de intenções com uma série de medidas para alavancar o segmento, impactando diretamente na economia do Estado. A “Carta de Copacabana” consolida a parceria do Governo do Estado com o Trade. O documento resulta em um conjunto de ações que tem como objetivo principal atrair mais turistas de lazer e negócios. A reunião aconteceu no Hotel JW Marriot, em Copacabana, na Zona Sul do Rio.

 

A criação de um banco de diárias para a captação de eventos no Rio esteve em pauta. Esta é uma das estratégias para captar eventos, congressos, feiras, jornadas científicas e simpósios, proporcionando descontos em hospedagem, bares e restaurantes, tornando mais atrativa e barata a estadia no Rio de Janeiro.

 

- O Estado vai fazer um esforço fiscal, ao mesmo tempo, a hotelaria vai oferecer espaços ociosos de seus aposentos para criar um banco de diárias, a fim de que ele sirva de um instrumento importante na captação de eventos – explica Otavio.

 

O governador Wilson Witzel destacou o engajamento de empresários do setor na ação que vai contribuir para aquecer o turismo fluminense seja na capital ou no interior.

 

- Estamos empenhados em fazer do turismo algo impressionante para o Rio e para o Brasil. O Stopover, por exemplo, é uma modalidade importante, com a participação do trade hoteleiro, turístico. Estamos trabalhando isso com a TAP e agora com a Fly Emirates. Acredito que o Rio de Janeiro consiga, até o final de 2022, estar com o dobro de turistas. Hoje, é 1,5 milhão de turistas estrangeiros, mas nós estaremos chegando a 3 milhões até o final de 2022 – afirmou o governador.

 

Dentre os tópicos da pauta, o secretário Otavio Leite destacou também que está em processo de conclusão a redução do ICMS sobre o querosene da aviação (QAV). O Rio de Janeiro conquistou o direito de baixar a alíquota de 12% para 7%. O combustível é um dos fatores que mais influencia o valor das passagens aéreas.

 

Outro ponto da reunião foi a conquista para autorização da promoção turística, considerando utilidade pública “a publicidade que tiver por objetivo a divulgação de política pública de fomento, desenvolvimento e promoção do turismo do Estado do Rio de Janeiro”. Segundo Otavio Leite, será investido em campanhas de divulgação em países do Cone Sul (Argentina, Chile e Uruguai), América Latina e cidades importantes do mundo.

 

Os avanços da Segurança Pública com a redução dos índices de criminalidade e as conquistas do Salão do Turismo, ocorrido em agosto deste ano no Pier Mauá, também foram apresentados para os representantes do Trade.

 

- Essas medidas conjugadas com uma campanha de promoção, hão de fazer com que o Rio de Janeiro possa receber mais turistas nacionais e internacionais. Portanto, a reunião se prestou a delinear o escopo dessas inciativas e ao mesmo tempo amarrar o engajamento de todos do trade – ressalta o secretário.

 

Estiveram presentes no encontro os secretários de Fazenda, Luiz Claudio Rodrigues de Carvalho, e de Governo e Relações Institucionais, Cleiton Rodrigues, além dos dirigentes das principais entidades de turismo do Estado do Rio: Alfredo Lopes, da Abih-RJ (Associação de Hotéis do Rio de Janeiro); Sônia Chami, do Rio Convention Bureau; Fatima Faccuri, representando a regional Abeoc-RJ (Associação Brasileira de Empresas de Eventos); Cristina Fritsch, Abav-RJ (Associação Brasileira de Agências de Viagens do RJ), e Pedro Guimarães, Apresenta Rio.

Estado do Rio de Janeiro é divulgado em Buenos Aires

Atrativos turísticos são apresentados com foco para o mercado latino americano

 

Com expectativa de mais de 95 mil visitantes entre profissionais do setor e público qualificado, a FIT América Latina é uma das feiras de turismo mais importantes do mundo. Por conta disso, a Secretaria de Estado de Turismo do Rio de Janeiro participará, em Buenos Aires, do evento que acontece de 5 a 8 de outubro.

A Feira, que tem como objetivo apresentar as inovações das ofertas e tendências do setor, é uma oportunidade também para gerar novas e importantes relações comerciais no mercado internacional. Otavio Leite, secretário de estado de Turismo do Rio de Janeiro ressalta o destaque internacional da FIT.

- Em 2018 a feira contou com expositores de 52 países. Isso confirma a relevância do evento. É uma oportunidade única para trabalharmos lado a lado alguns dos mercados emissores de maior importância para o Rio de Janeiro como, por exemplo, o mercado argentino que é estratégico para nós. Não apenas por ser o nosso principal mercado receptivo, mas também por ter um potencial de crescimento ainda maior.

O estande da Setur-RJ tem 88m2 e está localizado na ala internacional da FIT. No local, serão distribuídos kits de material promocional, produzidos em espanhol, onde estão representadas as 12 regiões turísticas do Estado. A decoração, produzida com imagens ilustrativas dos principais destinos do Rio, promete chamar a atenção do público. Participarão, ainda, representantes de sete secretarias de turismo municipais, sete conventions bureax e do RIOgaleão.

Durante a realização do evento está programada, ainda, uma capacitação para os agentes de viagens e operadores que estiverem participando da Feira.  A previsão é que o encontro conte com cerca de 50 participantes. Na ocasião, haverá palestras que apresentarão e promoverão os municípios turísticos do estado do Rio de Janeiro. 

Rio recebe mais um voo 'low cost', dessa vez serão voos vindos da Argentina

Avanços no impulsionamento do Turismo do Rio de Janeiro

Articulação entre Estado e Flybondi aumentará o fluxo de turistas internacionais, ampliando as possibilidades de emprego, renda e oportunidades

O secretário de estado de Turismo, Otavio Leite, participou na manhã desta sexta-feira (11/10) da cerimônia de lançamento do primeiro voo da nova rota entre Rio e Buenos Aires, operado pela Flybondi. Com o início da frequência, sem escalas, a companhia aérea argentina se torna a terceira de baixo custo a operar rotas internacionais a partir do Galeão, consolidando a presença da aviação "low cost" não só na cidade, mas também no Brasil.

 

- A implantação de mais um voo Buenos Aires/Rio através de uma empresa de baixo custo é de importância estratégica, pois amplia a base de consumo turístico. Quanto mais pessoas aqui desembarcarem, mais emprego, renda e oportunidades são geradas. Eu gosto muito de duas palavras conjugadas: o dito e o feito. O Governador Wilson Witzel anunciou que uma nova empresa viria para o Rio de Janeiro vindo de Buenos Aires - ressalta Otavio Leite.

 

Pensando em fortalecer e aumentar ainda mais este fluxo de turistas no Estado, o governador Wilson Witzel e o secretário Otavio Leite tiveram importantes agendas na Argentina, durante o mês de julho, para articulação e fomento do setor. Durante a pauta, a companhia aérea Flybondi anunciou os novos voos para o Rio. Em 2018, mais de 450 mil turistas argentinos conhecerem as belezas e atrativos do Rio de Janeiro, segundo dados do Ministério do Turismo.

 

- Estamos realizando investimentos para aumentar o fluxo de turistas estrangeiros no Estado através de parcerias com empresas aéreas como a Flybondi. Hoje, o Rio de Janeiro está entre os principais destinos dos argentinos, mas vamos atrair ainda mais visitantes com o aumento de voos semanais da Flybondi. O Rio está mudando e isso é resultado da divulgação do nosso trabalho - conclui Wilson Witzel.

 

Ao todo, serão quatro voos semanais, às segundas, às quartas, às sextas e aos domingos, ligando o Galeão ao aeroporto El Palomar, que fica na Grande Buenos Aires, a cerca de 20 quilômetros do centro da capital argentina. O voo FO 5900 decolou de El Palomar às 8h30m e chegou ao Rio às 11h35m. No sentido inverso, o FO 5901 saiu do Galeão às 12h30m e pousou às 15h45m. Os aviões usados são do modelo Boeing 737-800 NG, com capacidade para 189 passageiros em classe econômica.

 

 - Estamos muito animados com o início da nossa operação no Rio de Janeiro, nosso primeiro destino no Brasil. Essa incorporação demonstra o compromisso que temos, por parte da Flybondi, para conectar cada vez mais a Argentina e o Estado – disse Esteban Tossutti, presidente e diretor de Relações Governamentais da Flybondi.

Copyright  Absolute Rio. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.  Site art by Joaquin Luján