top of page

Selo feminino Maat, da Ibis Libris Editora indica "Quando eu conheci você", de Deborah Sargentelli.

Selo feminino Maat, da Ibis Libris Editora indica "Quando eu conheci você", de Deborah Sargentelli, para o mês das mulheres.

No Mês da Mulheres, a Ibis Libris Editora, através do selo feminino Maat, indica o livro "Quando eu conheci você", primeiro romance da atriz e jornalista Deborah Sargentelli, que traz as várias fases da vida da personagem, suas emoções e desafios, representando a realidade de tantas mulheres de uma forma poética e sincera. A obra narra sobre um relacionamento que começa nas redes sociais e logo ocorre uma gravidez não planejada. Juntos, “eu” e “você”, personagens do livro, entendem os passos que começam a trilhar para uma vida a dois. Desafiam angústias, crises de ansiedade, a dificuldade de iniciar no mercado de trabalho e de deixar a casa dos pais. Tudo isso envolvido por um amor sincero, que lida com percalços e a dúvida de conviver, ou não, com outro dentro de si.


"Quando eu conheci você" é uma viagem entre as dores e as delícias do começo da vida adulta. De forma envolvente e ligeiramente poética, o livro traz assuntos mais densos com uma leveza singular. A angústia da personagem nos arrebata a cada página, permeando nossa pele e nos fazendo refletir sobre o peso do amor e da decisão de ter um filho ou não, e sobre o medo, a dor e a ansiedade que acompanham cada passo. De, como, ainda assim, a poesia das pequenas coisas flui dentro de nós e permite - tanto para nós quanto para o outro - renascer", explica Deborah Sargentelli.

Sobre Deborah Sargentelli A atriz e jornalista, formada em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Deborah Jurberg Sargentelli, nasceu no Rio de Janeiro, em 1994. Fez do seu projeto de conclusão de curso um fotolivro de poesia, "Sede de vida" Além disso, participa ativamente de projetos sociais, sendo uma das criadoras do projeto "Adote Uma Família", que arrecadou e doou mais de um milhão de reais em cestas básicas no Rio de Janeiro, durante a pandemia de Covid-19. Sargentelli possui vasta experiência como atriz e tem como mestres nomes como Helena Varvaki, Daniel Herz e Aracy Mourthè. Conta com mais de 30 propagandas publicitárias, videoclipes e spots de rádio em seu currículo. No teatro, participou de 11 produções. Também escreveu e atuou no monólogo "O ano em que eu morri", peça online com mais de 1.000 espectadores, realizada durante a pandemia e assinou o texto e a assistência de direção do espetáculo "O que será de nós daqui a quatro anos?", vencedor do Festival do Rio, em 2015. Na televisão, participou da minissérie "JK", na TV Globo, foi repórter para o "Canal 7 de Punta Del Este", Uruguai, e da minissérie "Dupla Identidade" e das novelas "Sol Nascente", "Rock Story" e "Orgulho e Paixão". Além disso, fez diversos curtas-metragens, sendo protagonista de "O mundo é um moinho", produção indicada a diversos prêmios nacionais e internacionais, também exibido na Mostra Político-Afetiva do Festival do Rio de 2018. Instagram: @deborahsargentelli Sobre a Ibis Libris Ibis Libris é uma editora de primeiros livros de prosa e poesia, ficção e não ficção, infantis, juvenis e cultura em geral. Foi fundada em 18 de agosto de 2000, e hoje tem mais de 600 títulos publicados, principalmente de literatura. Sua fundadora, Thereza Christina Rocque da Motta, é poeta, editora e tradutora. Lançou “Joio & Trigo”, seu primeiro livro de poemas, em 1982. Tem 25 livros publicados, entre eles, “Capitu” (2014), “Breve anunciação” (2013) e “As liras de Marília” (2013) e "Sheherazade" (2022). É membro do Pen Clube do Brasil e da Academia Brasileira de Poesia. Fundou a Ibis Libris em 2000, e criou o selo Bisbilibisbalabás em 2002. Em 2021, criou o selo Maat, somente para mulheres. Ibis Libris Editora inscreveu, pela primeira vez, mais de 10 títulos no Prêmio Jabuti de 2022, concorrendo em 16 categorias. Além disso, Thereza Christina solicitou a inserção do "Dia da Primavera dos Livros" no Calendário Oficial da Cidade, aprovado em 6 de outubro de 2022. Segundo Thereza Rocque da Motta, a "Ibis Libris foi criada para dar voz aos autores que desejam transformar seus sonhos em livros e, por isso, criei uma editora para transformar sonhos em realidade". Instagram: @ibislibris Thereza Christina Rocque da Motta Ibis Libris Editora Rua Pereira Nunes, 395 cob. 1.701 Vila Isabel 20.541-022 Rio de Janeiro - RJ Tel.: 21-3546-1007 / 96580-0499

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page