top of page

Fotógrafa com foco na integração social vem provando que deficiência não é contrário à beleza


A fotógrafa e publicitária Kica de Castro abriu em 2007 uma agência voltada para modelos profissionais com deficiência, a fim de aumentar a autoestima desses profissionais e também colocá-los no mercado de trabalho comercial (publicidade) e fashion.

Em 2015, após um período atuando em um centro de reabilitação, Kica iniciou o projeto audiovisual Viver Eficiente, com objetivo de acabar com a invisibilidade das pessoas que possuem alguma deficiência e torná-las protagonistas de suas próprias histórias.

Para comemorar sete anos de existência, adaptou o projeto em programa de TV, no início de 2022, que agora vai ao ar no canal de streaming D+ TV aos sábados, às 10h30.

Ainda em 2022, Kica foi uma das finalistas da categoria Prêmio Popular: Pertencimento e Inovação, do Troféu Mulher Imprensa, ao lado de Fátima Bernardes e, da vencedora, Ana Carolina Negrão.

Hoje, a agência Kica de Castro Fotografias é responsável por trazer de volta o que há de mais bonito dentro de cada pessoa. Autoestima, autoconhecimento e reconhecimento, através de fotos que recriam não só a beleza externa de uma modelo, mas também a aparência e o sorriso de pessoas que se sentem úteis e incluídas no mercado de trabalho.

“Beleza e deficiência não são palavras opostas. Hoje estamos colhendo os frutos do que plantamos no começo do projeto. Cada dia estamos valorizando as eficiências e pluralidade corporal”, conta Kica.

No ano de 2023, Kica pretende refazer o Caminho da Fé, assim como fez em 2019, com a fisioterapeuta Paula Ferrari, que usa uma cadeira de rodas para locomoção de longas distâncias, juntamente com uma equipe de ciclistas, saindo de Águas da Prata até o santuário em Aparecida do Norte, em um percurso previsto para ser realizado em 9 dias.

Também com previsão para 2023, a fotógrafa voltará com suas exposições fotográficas presenciais em vários estados brasileiros, sempre valorizando as eficiências de cada indivíduo, uma vez que a deficiência é apenas uma característica e não define a capacidade da pessoa.

Sobre Kica de Castro

Kica de Castro, paulista, 45 anos, publicitária com pós-graduada em fotografia. Colunista com o tema moda e beleza em revista especializada para pessoas com deficiência, influenciadora digital, produtora de conteúdo audiovisual, apresentadora do podcast “Viver Eficiente”, consultora de carreira artística PCD, palestrante sobre fotografia como ferramenta de inclusão social, integração da pessoa com deficiência e pluralidade corporal.


bottom of page