top of page

Exercício físico e testosterona: Qual a relação?


Bruno Viotti, profissional de educação física explica como a prática de atividade física estimula a produção desse hormônio


Quem pratica exercício físico com o objetivo de ganhar massa muscular costuma conhecer bem a importância de manter a produção de testosterona a todo vapor no organismo. Alguns tipos de treinos que geram uma produção maior de testosterona são os de alta intensidade, explosão e musculação, principalmente aqueles que envolvem grandes grupamentos musculares e uma intensidade considerável.

Bruno Viotti, profissional de educação física e pós graduado em bodybuilding coach explica que o hormônio tem ação anabólica e estimula a reconstrução do tecido muscular exigido durante o exercício, o que favorece o aumento de força e a hipertrofia. Além de aumentar a libido e a energia.

completou Bruno

Ainda que certos tipos de exercícios aumentem a produção de alguns hormônios, é fundamental que eles estejam orientados por um profissional de educação física. “Fazer mais séries do que ideal, pegar mais peso do que o necessário ou não dar o tempo certo para os músculos descansarem entre os dias de treinamento pode gerar um grande estresse no organismo e acabar trazendo efeito contrário”, frisa o bodybuilding coach.

Exercícios para aumentar a testosterona

  • Musculação;

  • HIIT;

  • Crossfit;

  • Funcional;

  • Esportes de alta intensidade;

Além disso, é importante também estar atento à alimentação, incluindo vitamina D, zinco, magnésio e arginina, procurando evitar dietas de restrição calórica e o consumo de bebidas alcoólicas. “Manter o peso equilibrado também é uma forma de aumentar os níveis, pois o excesso de gordura no corpo pode transformar a testosterona em estrogênio”, afirma Viotti.

Outro fator que faz com que a testosterona possa ser formada adequadamente, é o sono. Porque é durante o tempo que as pessoas dormem, que o cérebro pode produzir os hormônios necessários, e faz a regulação dos que podem estar a mais, como o cortisol, que prejudica a formação e aumento da concentração de testosterona no sangue.

Fonte: Bruno Viotti, profissional de educação física e pós graduado em bodybuilding coach. @bruno_viotti.

Foto: Fonte - Internet

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page