Esperança, uma palavra essencial


Meu nome é Ana Claudia Vaz, sou terapeuta sistêmica, acolhedora, mediadora, funcionária federal e mãe de um rapaz adolescente.


A pandemia revolucionou a minha vida. E com certeza deve ter revolucionado a sua vida também.


Foram muitas as adaptações que tive que fazer para viver uma nova rotina.


Tudo parecia estar se modificando ao meu redor.


Muitos problemas surgiram no meio social, desafetos, desempregos, separações, além da temida doença física.


Observei, também o surgimento de muitas patologias mentais e psíquicas.


Só se falava na tal da COVID 19.


Uma tristeza invadia os lares através dos noticiários todas as manhãs.


Como seríamos capazes de evitar os transtornos físicos, as mortes eminentes e a falta da paz tão necessária a nossa existência? Muito se perguntava e pouco se respondia.


Os dias passavam, as angústias aumentavam, mas as adaptações também chegavam.


O ser humano vive há milhares de anos num planeta no qual ele sempre se adaptou.


A morte faz parte da vida, por mais dor que ela possa causar a quem fica.


A história da nossa civilização registra muitos casos de pandemias desconhecidas.

Como passar por mais essa com menos sofrimento?


Fórmulas não tão novas garantindo um futuro promissor surgiam diariamente na Internet.


A proliferação de lives de conteúdos diversos ocorreram de forma indiscriminada nos primeiros meses da pandemia.


O ser humano sempre necessitou de estímulos para seguir adiante em sua vida.


Entretanto a palavra pouco usada e na minha opinião a mais importante tem apenas nove letras, ESPERANÇA.


Não me refiro à família de insetos verdes que se chama “tettigonioidea” e aparece em nosso ambiente algumas épocas do ano.


A esperança a que me refiro é um sentimento, uma crença emocional amorosa e confortante, que nos possibilita vislumbrar um futuro realizador e concreto para os nossos desejos.

A esperança é uma virtude !!!


A Bíblia cita a esperança como uma continuidade da perseverança.


Algo que devemos buscar em nossas vidas e que certamente nos alentará nos momentos de tribulação.


O amor também produz esperança, portanto pense primeiramente em procurar amar mais ao próximo, porque ele também pode estar triste ou angustiado.


Certamente também ficou apreensivo como você.


Vamos procurar relevar mais nossos próprios erros e também os erros do nosso próximo.


Tudo passa nessa vida, o que sempre ficam são as boas lembranças.


Elas alentam o nosso coração !!!


O essencial é invisível aos olhos, como escreveu Antoine de Saint- Exupéry no seu conhecido livro, “ O Pequeno Príncipe”.


Somente através do coração, com muito amor e esperança, seremos capazes de atravessar esse momento desafiador com mais tranquilidade em nossas vidas.


Paz a todos !!!

Fiquem com Deus meus queridos leitores.



68 visualizações1 comentário

Copyright  Absolute Rio. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.  Site art by MARISA ARAUJO