Encontro promovido pela ASSERJ e Escala Eventos reuniu lideranças dos setores produtivos e políticos



Associação de Supermercados do Rio apresenta calendário de negócios para impulsionar a economia


Rio Global reunirá oito dos mais importantes setores da economia mundial


Nesta segunda, 14, em uma iniciativa inédita, o presidente da Associação de Supermercados do Estado do Rio (ASSERJ), Fábio Queiróz, lançou o Rio Global, um evento que reunirá oito dos mais importantes setores da economia mundial. Nele estarão representadas as principais tendências e inovações do Estado do Rio e seus mercados emergentes.


A iniciativa foi divulgada no evento "Retomada do Varejo" que teve o objetivo de integrar e apresentar ações fundamentais para o impulsionamento da economia do Estado aos diferentes players da cadeia. Estavam em pauta: eventos de negócio, geração de renda e emprego, crédito, sustentabilidade, empreendedorismo e infraestrutura.


O encontro reuniu os principais líderes políticos, representantes de entidades e empresários do setor varejista fluminense e brasileiro.


O projeto foi bastante elogiado pelo Governador em exercício do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro presente no evento. “Estar aqui hoje e ver o movimento da ASSERJ com seus parceiros para tentar voltar a economia do Rio e os eventos do Estado é a certeza de que estamos no caminho certo. Contem conosco, porque não é o Governo, não é a Assembleia, não é a Câmara Federal. São vocês que fazem a riqueza do nosso País e do nosso Estado”.

O senador Flávio Bolsonaro elogiou e atuação da ASSERJ durante a pandemia. "Aqui, mais uma vez, eu quero fazer um reconhecimento público ao Fábio Queiróz. Uma pessoa que o tempo todo estava em diálogo com o Governo Federal. Quando tínhamos alguma dúvida, ele esclarecia diretamente ao Presidente e foi fundamental em acalmar a população em momentos de incerteza".


Flávio ressaltou ainda o seu entusiasmo quando o tema é turismo. Citou a campanha do Presidente Jair Bolsonaro, que já falava sobre transformar Angra em Cancún, e que várias medidas estão sendo tomadas para isso. "Nós teremos a felicidade de, no próximo sábado, entrar no avião da Companhia Aérea Azul e fazer um voo inaugural de Santos Dumont para o aeroporto de Angra dos Reis. Tudo para movimentar o turismo e a economia do Rio de Janeiro. A nossa preocupação é permanente de reduzir o peso do Estado sobre quem gera e movimenta de verdade e economia desse país", disse o senador.


O Presidente da ALERJ, André Ceciliano, agradeceu o convite e falou sobre a importância da parceria entre os setores e governo. "Essa junção aqui do governo federal e do Estado faz muito bem para o Rio de Janeiro. A gente precisa que todos andem na mesma direção. É fundamental que a gente possa viver um novo ciclo no Rio, principalmente de paz”.

Durante o encontro foram apresentadas soluções estratégicas para a criação de um calendário de negócios para os próximos anos no Rio de Janeiro, com foco na RETOMADA DO VAREJO, o documento visa trazer novamente o Estado para o centro dessas ações no Brasil.


Com mais de 17 milhões de habitantes, o Rio de Janeiro possui o segundo maior PIB do País, sendo que 20% vem do Comércio e Serviços. São atualmente 23 mil indústrias e 350 mil estabelecimentos comerciais no Estado. Por ser o principal destino turístico do País, eventos de negócios podem gerar mais de 200 bilhões de reais, isso resulta a geração de um emprego a cada 5m2.


Para o presidente da ASSERJ, Fábio Queiróz, o momento pede ações estratégicas para que se consiga trilhar novos caminhos com melhores oportunidades para todos.

“Apenas a união dos principais setores do Estado e integração de negócios será capaz de nos levar a rumos mais assertivos e promissores em 2021. Precisamos propor e desenvolver ações e atividades a fim de promover uma saúde econômica capaz de colaborar para o desenvolvimento de profissionais e empresas, geração de empregos e ampliação de faturamento”.


Também subiram ao palco o deputado Chicão Bulhões que vai assumir a secretaria de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Desburocratização no governo de Eduardo Paes; o Presidente da Fecomércio RJ, Antônio Florencio Queiroz; Presidente da FBHA, Alexandre Sampaio; Presidente do SINDIRIO, Fernando Blower; Presidente da CACB - Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil, George Pinheiros, Presidente da ABRASEL, Paulo Solmucci; Presidente da ABIH, Paulo Michel; Presidente da ABAD, Emerson Destro; Presidente da ASCOFERJ, Luis Carlos Marins; Presidente da RIO+PÃO e vice da ABIP, Fernanda Hipólito; Presidente da Rio Indústria, Sergio Duarte; Presidente da ABEOC Brasil, Fatima Facuri e Presidente da ADERJ, Joilson Barcelos.


Todos elogiaram muito o evento e reconheceram a iniciativa do Fábio Queiróz, frente a todas as entidades, em prol de um 2021 com uma economia pujante no estado do Rio de Janeiro.

O evento foi uma realização da ASSERJ e da Escala Eventos, e adotou todas as medidas e protocolos de segurança necessários, de acordo com as orientações dos órgãos reguladores de saúde. Uso obrigatório de máscara, disponibilidade de álcool 70% para todos, aferição de temperatura e distanciamento entre as pessoas.


TEXO E FOTOS: VERA DONATO



23 visualizações0 comentário

Copyright  Absolute Rio. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.  Site art by MARISA ARAUJO