top of page

Débora Máximo: o papel da mulher perante a Deus


Débora Máximo


Atualmente, segundo dados do Datafolha, 58% das mulheres são da religião evangélica. Cada uma delas, desenvolve o seu papel perante a Deus. Uma delas, é Débora Máximo. A modelo e influenciadora digital, com mais de 150 mil seguidores no @adeboramaximo, o seu perfil no Instagram, explica o que é, para si, a importância de estar, sempre, em contato com Deus, primeiramente, e ligada aos ensinamentos bíblicos e o verdadeiro significado.


O que é servir a Deus? É escutar o espírito santo! Não adianta fazer doação, porque, quando a gente faz doação, a motivação do coração pode ser enganosa para o próprio ego ou bem estar. A gente faz a vontade de Deus e o que ele quer, é que nós o conheçamos e que tenhamos uma nova vida com ele. E há pessoas que passam por certas situações para levá-las a isso. Se você a manter em um certo lugar, essa pessoa não irá alcançar o que Deus a propõe, que é o certo.


Qual o papel da mulher evangélica, hoje?


A mulher é o alicerce da família que, junto com o marido, formam o que chamamos de base familiar. E é esse alicerce que sustenta, em oração e sabedoria, o marido e os filhos.


Ainda há muitos casos de preconceito, na sua visão? Como lidar? Costumo dizer que não existe ninguém maior ou melhor em uma família e sim funções diferentes, porém, com um único direcionamento. Um homem autoritário, por exemplo, é machista. Isso não é cristão! Jesus não é assim! Deus nunca formou uma família para o que homem se sentisse superior a sua esposa. É uma falta de entendimento sobre o que é de fato a palavra de Deus. E quando não se entende o que Deus realmente quer, faz com que as pessoas vivam como estão hoje. É como se não existisse consequências e cada um fizesse o que lhe desse na telha. É errado! Vai ser ruim para si e para todos à sua volta. Quando se pensa que não existe um Deus que é bom e que quer o melhor para a gente, ficamos a mercê da nossa vontade, que não é melhor… é algo sem fundamento… sem freio…. Deus nos fez em três etapas. Nós somos um espírito, temos uma alma (nossas emoções) e habitamos um corpo. Quando eu deixo o meu corpo e a minha alma prevalecerem o espírito, a tendência é eu fazer tudo o que quiser, sem pudor, sem ética, sem nada, porque eu vou sentir vontade. Mas, quando eu coloco o espírito acima da minha alma e do meu corpo, é diferente, porque eu sei de onde provém aquela vontade: de Deus. Ele manda!


Você, como evangélica, qual o seu maior aprendizado? Hoje, os segmentos são totalmente diferentes. Eu vejo o quanto de sabedoria há na palavra de Deus, por sinal, o que mudou a minha vida. Enxergo, também, como é a visão de Deus em relação às pessoas, como isso é incrível e nos liberta de uma série de coisas. Não é aquele Deus que maltrata os humanos, até porque, isso é irreal. É um Deus bom, que nos protege e nos defende de todos os lados. Nós estamos aqui em um processo diário de crescimento, de conhecer o senhor, de crescer e nunca parar. Deus é incrível e é infinito no quesito crescimento. Se eu não tenho experiências com ele, todos os dias, isso morre, de alguma forma, dentro de mim. Eu acabo vivendo por lei e não pela graça. A lei, sempre, será cumprida por medo, que me deixa a brecha de fazer escondido, quando ninguém está olhando. A revelação, não!



コメント

5つ星のうち0と評価されています。
まだ評価がありません

評価を追加
bottom of page