top of page

AMULETOS DE PROTEÇÃO


Nos dias atuais proteção nunca é demais. Você tem o costume de usar amuletos de proteção?

O crucifixo dos católicos, os Santos, a Virgem Maria, e outras religiões também têm seus amuletos de proteção. Uma vez ouvi uma médica cardiologista conversando com um padre católico, dizendo que quando os fiéis seguem um Rosário e ficam rezando eles esquecem de respirar entre uma frase e outra e muitas pessoas perdem os sentidos por falta de ar. Achei engraçado, mas percebo que quando estou entoando meus mantras também respiro pouco, porque temos muitos mantras e pouco tempo.

Você já deve ter visto (e até comprado), filtro dos sonhos, Japamalas, terços, Mandalas, as bandeiras ao vento, e por ai vai, até mesmo os Santos e cristais.

Certa vez estava viajando com amigos na Península de Maraú, que fica na Bahia, e estava olhando o artesanato local, quando me apaixonei por um filtro dos Sonhos feito de casca de coco. Um dos meus amigos pediu que eu não comprasse pois ele havia comprado um, tempos atrás, e colocado na cabeceira de sua cama e passou noites em claro sem conseguir dormir, até que se lembrou desse filtro dos sonhos. De fato, tenha muito cuidado ao adquirir esses amuletos pois dependendo de como foi feito e por quem, o efeito é reverso.

Ahhhhh, Teresa, lá vem você.


Pois é. Venho mesmo.


Vamos fazer um exercício: você já saiu para jantar com amigos, e se divertiu horrores e no dia seguinte passou tão mal que se autointitulou Rei ou Rainha do banheiro? “Mas, não sentimos que a comida estava estragada.” E não estava. Só que quando a pessoa estava fazendo sua comida o mau humor dela era tão grande, a má vontade dela, a raiva, enfim, os problemas que ela carregava com ela estavam sendo transmitidos para aquele alimento que não caiu bem em você e outras pessoas não sentiram nada. Por esse motivo é muito bom antes de se alimentar abençoar esse prato e todas as pessoas que participaram do processo de plantio e execução até esse lindo prato chegar a sua mesa.

Já ouviu a expressão: Foi feito com amor? É por ai. Cozinhar também é uma arte, e deve ser feita com toda atenção e carinho. Se você fica amaldiçoando o alimento, o processo, as pessoas que vão consumir, fica xingando, falando palavras chulas, o alimento vai carregar toda essa energia negativa, e quem consumi-lo se não estiver bem protegido vai sentir os efeitos no corpo.


Assim também devemos fazer com esses objetos que compramos em feiras de artesanato. Sou super a favor de incentivar o artesanato e pagar o preço certo pelo trabalho dos artesãos e artesãs que são pouquíssimos valorizados. O trabalho manual é muito lindo e trabalhoso, são obras de arte. Um não sai igual ao outro, nunca.


Mas, você pode abençoar esses “amuletos” quando chegar em casa. Pode tocar com suas mãos passando a sua energia para eles, retirando toda a energia negativa que ele possa ter e desejando bondade com palavras de Paz, Amor, Gratidão, Perdão, enfim, qualquer ato de limpeza do negativo e desejando sempre o positivo, principalmente para a pessoa que criou aquele objeto. Deseje sempre Bondade Amorosa para pessoas que você nem conhece. A força das suas intenções vai chegar na pessoa.


Então, voltando ao Filtro dos Sonhos, eu comprei (óbvio, como disse sou super adepta a incentivar o artesanato local), e conheci o criador daquele objeto e juntos transmitimos nossas alegrias e energias para aquela peça. Posso dizer que esse Filtro dos Sonhos vive pendurado na cabeceira de minha cama e eu durmo muito bem, a noite inteira.


Eu aprendi a fazer Japamalas com um mestre Budista Neozelandês durante a Pandemia da Covid-19. De fato, para mim é fácil porque tenho habilidades manuais, mas nem sempre é fácil ensinar outras pessoas. Levo esse ensinamento adiante porque acredito que cada um deva fazer seu próprio Japamala, que significa Cordão de Repetição, na verdade é quando você deve entoar mantras como o mais conhecido Hopponopono: Sinto Muito; Eu te amo; Me perdoe; Sou grato.


Fazer um Japamala não é difícil, mas se você não tem como fazer o seu e resolver comprar um pronto, siga alguns processos para energizar seu Japamala ou qualquer objeto de proteção.


Sinta o objeto em suas mãos, pegue e manipule durante algum tempo, se possível acenda um incenso e deixe a fumaça chegar no objeto; fale palavras de positividade e gentileza; deixe ele passar a noite pegando a energia da Lua e o dia no Sol; se possível peça algum religioso que abençoe o objeto para você, e principalmente sinta a vibração do objeto, se achar que está te causando algum desconforto abençoe, proteja, cuide dele para “tirar” a vibração ruim e trazer coisas boas. Sempre podemos vencer o mal desejando o bem, tendo atitudes positivas, carinho com os animais e todos os seres. Enfim, se você é uma pessoa boa irá atrair coisas boas, então toque nesse objeto de proteção e transfira uma boa energia positiva para ele. Você estará bem protegida.


No último Programa de Mindfulness que conduzi, ofereci as participantes o Workshop de Criação de Japamalas, e como a Regina Célia Pereira fez o Programa, ela participou da criação do seu próprio Japamala, e essa foto abaixo diz tudo sobre como se sentiu ao “fabricar” sua própria peça. Ela pode até usar como adereço, mas ele estará sempre protegendo-a de todo mal.

Me siga, me acompanhe e participe de algum Workshop de artesanato, é muito bom colocar as mãos na criação de algum amuleto ou arte.


Espero que você esteja feliz e saudável e livre do sofrimento. Até a semana que vem!


Commentaires

Noté 0 étoile sur 5.
Pas encore de note

Ajouter une note
bottom of page