ARTE PÓS PANDEMIA

Atualizado: Jun 16


Que o mundo vai mudar pós-pandemia, isso já é um fato. Mas e a arte? Muda? É inevitável, neste momento em que estamos confinados, não falar sobre o tema. Talvez eu não seja a pessoa mais indicada, ou com propriedades para tal, porém podemos constatar na história que tudo que já estava em processo de mudança, como as grandes crises, guerras, pandemias e revoluções, só fizeram acelerar esse processo.

Na arte não é muito diferente, porém acredito que o que mude é a forma que o artista se comunica com o seu público. Nesse momento o que vejo são artistas mais próximos e acessíveis. Artistas de todas as áreas, música, artes plásticas, enfim, de um modo geral.

Nas artes plásticas esse é um momento de recolhimento para muitos artistas, onde uns conseguem criar, externar esse sentimento e outros não. Depende realmente de cada um.

A arte é uma história sem fim... é quase impossível criar algo totalmente novo no que se refere a arte. Os estilos se seguem uns ao outros. Não estou entrando no mérito de grandes mudanças para a história, mas acredito que a arte digital ganha um grande mercado, visto que o mundo caminha para essa nova era digital.

Telas personalizadas

A combinação Confinamento X Anne Weege só podia virar arte.

A tela acima é da linda e querida Adriana Alves, conhecida pelo apelido carinhoso de Pink, digital influencer e lifestyle no Rio de Janeiro. A escolha das cores foram cuidadosamente escolhidas para dar mais personalidade à pintura, tendo o “rosa pink” como a cor predominante.

Nessa obra especificamente, trabalhei a pele e os cabelos mais suaves, para que a mesma atingisse o equilíbrio que busco em todos meus trabalhos. O resultado foi uma tela alegre, vibrante e dinâmica!



0 visualização

Copyright  Absolute Rio. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.  Site art by MARISA ARAUJO