Exposição "MAMELUCO"


Conhecido pela sua produção abstracionista, Araken apresenta, a partir do dia 6 de novembro, sua primeira exposição com trabalhos figurativos, passada uma década desde a sua última individual. “Mameluco” ocupa três salas no 3º andar do Centro Cultural Correios com pinturas coloridas em técnica mista de grandes formatos - algumas chegam a medir 5 metros -, esculturas e “penduráveis” (definição do artista para as instalações que pendem do teto). As telas são “povoadas” por tipos populares brasileiros, como negros, índios, caboclos e mamelucos, que dão nome à exposição, tendo como pano de fundo abstrações. Aviador, filósofo, teólogo e arquiteto, além de artista, Araken coordena um grupo de estudo do pensamento brasileiro, o que o influenciou bastante na escolha deste título, uma vez que era o termo empregado na época do Brasil Colônia para designar mestiços de índios com brancos. Ou seja, a origem de toda a miscigenação brasileira.


23 visualizações

Copyright  Absolute Rio. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.  Site art by MARISA ARAUJO